Entrevista com Lins da Silva

Carlos Eduardo Lins da Silva

O jornalista e professor universitário Carlos Eduardo Lins da Silva foi nosso entrevistado no último dia 23 de março. Autor dos livros “Mil dias: seis mil dias depois”, “O marketing eleitoral” e “Correspondente internacional”, Lins da Silva foi ombudsman do jornal Folha de S. Paulo de abril de 2008 a fevereiro de 2010, e também trabalhou nos Diários Associados, inclusive como correspondente internacional nos Estados Unidos.

Foto: Folha de S. Paulo (reprodução).

Anúncios

Entrevista com Flávio Tavares

O jornalista Flávio Tavares foi nosso entrevistado no último dia 14 de dezembro. Autor dos livros “Memórias do esquecimento”,  “O dia em que Getúlio Matou Allende” e “O Che Guevara que conheci e retratei”, Tavares é, atualmente, colunista de Zero Hora.  Como jornalista, foi  marcado fortemente pela ditadura militar brasileira e pelo exílio.

Foto: Reges Schwaab.

Memória do 4º Seminário Aberto de Jornalismo

Nos dias 21 e 22 de novembro de 2011 ocorreu o 4º Seminário Aberto de Jornalismo. Com o tema “A entrevista – nas práticas e nos estudos em jornalismo”, o evento foi realizado no Auditório Pedro Pinto, nas dependências da Universidade do Vale do Rio dos Sinos (Unisinos). Já estão disponíveis, na página do Seminário, materiais produzidos durante o evento, incluindo entrevistas, galeria de fotos e aúdio das mesas de discussão. Estiveram presentes ao seminário os membros do Grupo de Pesquisa Estudos em Jornalismo (GPJor), professores, pesquisadores, jornalistas, documentaristas e outros profissionais.

Foto: Beatriz Sallet

Entrevista com Alexandra Lucas Coelho

Dia 4 de outubro a correspondente do jornal O Público de Portugal estará na Unisinos. A entrevista com Alexandra Lucas Coelho inicia às 14h.

Ver texto da Ângela Zamin que está disponível no blog do grupo de pesquisa
http://www.gpestudosemjornalismo.blogspot.com/

Ver texto do Marcelo Grisa sobre a entrevista que está disponível no Portal3

Seminário: “A entrevista – nas práticas e nos estudos em jornalismo”

O 4° Seminário Aberto de Jornalismo, programação anual do GPJor (PPGCC/Unisinos), terá como tema central “A entrevista – nas práticas e nos estudos em jornalismo”, debatida enquanto método, técnica e possibilidade de diálogo, problematizando questões desencadeadas pela pesquisa “O controle discursivo que toma forma e circula nas práticas jornalísticas”. O evento está programado para os dias 21 e 22 de novembro deste ano e contará com a colaboração de pesquisadores e jornalistas de diferentes estados. Confira no link Seminário as mesas e os respectivos convidados.

O Seminário é direcionado aos alunos e professores do PPGCC/Unisinos, sendo aberto aos demais Programas de Pós-graduação em Comunicação e Jornalismo do RS e SC. Incrições abertas até 18 de novembro.

Entrevista com Tony Hara dia 19 de agosto

Tony Hara, jornalista e historiador, concede entrevista para o projeto “O controle discursivo que toma foma e cricula nas práticas jornalísticas”. O encontro ocorre nesta sexta-feira, às 16h30, na sala 3B217. A entrevista pode ser assistida por todos os interessados.

Hara tem o hábito de usar fontes diferenciadas em seu trabalho – prática essa inspirada em sua falta de interesse pelo conteúdo da fala de autoridades e chefes -, principalmente por preferir compreender ideias próprias, e não engajadas na lógica institucional. Na série Conversas com quem gosta de crianças, produzida por Hara para a rádio da Universidade Estadual de Londrina (UEL – PR) em conjunto com a jornalista Patrícia Zanin, a psicóloga Eliana Louvison é apenas a mediadora de uma conversa onde as fontes são os pais das crianças. Os programas foram ao ar de novembro de 2010 a fevereiro deste ano.

por Marcelo Grisa

Ver texto do Marcelo Grisa sobre a entrevista no Portal3
http://portal3.com.br/wp/os-metodos-de-tony-hara

Entrevista com Marta Gleich

Entrevistamos a jornalista Marta Gleich, diretora de internet do grupo RBS, na sala que ocupa, na sede do grupo, em Porto Alegre, no dia 14 de julho. Marta, que começou no jornal Zero Hora como revisora, em 1983, passou pela reportagem na editoria de Geral e foi editora da seção e editora-chefe do jornal. Ainda era estudante de jornalismo na UFRGS quando começou a carreira como revisora, no porão do prédio de Zero Hora. Ao longo da entrevista, Marta  falou sobre os processos de edição e revisão, de ser editado e editar, enfim de como se aprende a fazer jornal no “chão de fábrica”. Núbia Silveira, já aentrevistada para a pesquisa, foi uma das “mestres” de Marta, no final dos anos 80.

Foto:  Isadora Meyer


Realizações


A entrevista - nas práticas e nos estudos em jornalismo
  • 4º Seminário aberto de Jornalismo
  • Indique o seu endereço de email para subscrever este blog e receber notificações de novos posts por email.

    Junte-se a 4 outros seguidores

    Universidade do Vale do Rio dos Sinos
    Av. Unisinos, 950 - Bairro Cristo Rei
    São Leopoldo - RS - Brasil
    CEP 93.022-000
    Linha direta Unisinos:
    (51) 3591 1122
    Fax: (51) 3590 8305

    Bookmark and Share